Para Empresários

Aprendizagem para o desenvolvimento socioeconômico.

Dados oficiais contabilizam 1,8 milhão de vagas geradas pela Lei da Aprendizagem e ainda não ocupadas por jovens brasileiros, entre 14 e 24 anos, que são a nova força de trabalho nacional.

Nesse contexto, o Programa de Socioaprendizagem da Rede Pró-Aprendiz se apresenta como instrumento efetivo de desenvolvimento socioeconômico do país, executado em parceria por organizações sociais, governos e iniciativa privada para a inclusão social e a inserção desses jovens no mercado de trabalho.

Mais de 500 empresas já integram a Rede e entendem que, ao cumprir a Lei da Aprendizagem, também exercitam a chamada Responsabilidade Social, aderindo a uma postura empresarial considerada estratégica à medida que cresce o consumo consciente no Brasil.